Receita Federal deve liberar amanhã a consulta ao 6º lote

A consulta ao sexto e penúltimo lote de restituições do Imposto de Renda 2015 deve ser liberada na terça-feira (10), às 9h, de acordo com o Receita Federal. O pagamento é feito sempre no dia 15 de cada mês, de junho até dezembro. Nos meses em que a data cai em um feriado ou fim de semana, o pagamento é feito no primeiro dia útil seguinte. Problemas no Simples Doméstico Desde o começo de novembro, a Receita tem enfrentado problemas com o Simples Doméstico, sistema que reúne encargos trabalhistas de empregados domésticos, como o FGTS e o INSS. Os empregadores tinham que preencher o cadastro, imprimir a guia e efetuar o pagamento dos tributos até sexta-feira passada (6). Porém, o sistema da Receita apresentou falhas nos últimos dias. A Receita Federal chegou a dizer que não prorrogaria o prazo de pagamento, mas, diante dos problemas, o governo optou por estender o prazo para 30 de novembro. Restituição do IR Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar o site da Receita, pelo http://zip.net/bsn4Jn, ou ligar para o Receitafone, no número 146. Pelo site, é possível saber se há alguma irregularidade na declaração. Caso haja, o contribuinte pode apresentar uma declaração retificadora e corrigir as inconsistências apontadas pela Receita. O depósito da restituição do IR 2015 será feito no dia 16 de novembro. O dinheiro é depositado na agência bancária indicada pelo contribuinte ao fazer a declaração. O valor é corrigido pela Selic (taxa básica de juros), mas, após cair na conta, não recebe nenhuma atualização. A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, pelo link fornecido acima. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Fonte: